Posts tagged “o mágico

O Mágico

 

 

O filme é simples, o argumento linear.

Mas o que surpreende, que me surpreendeu a mim,é a qualidade visual da obra.

Tudo ali parece saído do caderno de um sketcher, cada cena, de uma página perfeita, cada pormenor, do traço sábio de uma caneta. Depois a animação, suave e lenta, permitindo o deleite daqueles traços, a delícia dos detalhes, a perfeição das cores.

E as paisagens, as viagens, os comboios e os barcos. Até o velhinho Ford-T. A pequena aldeia escocesa e Edimburgh. Tudo a espicaçar o desejo de voar para a Escócia, a indicar o caminho para Edimburgh.

O resultado é uma obra-de-arte, serena e tranquila, daquelas que justificam uma sala escura num dia de sol. O resto não interessa.

Não interessa a ridícula polémica sobre a motivação do argumento de Tati. Se um reconhecimento tardio da filha “ilegítima”, Helga Marie-Jeanne Schiel, se um lamento pela pouca atenção dispensada a Sophie Tatischeff, sua filha. A quem aliás, o filme aparece dedicado por Chomet. Simplesmente não interessa, é lateral, é especulação.

Porque como remata o ilusionista Tatischeff no filme, “Magicians don’t exist”. Mas a ilusão sim…


Anúncios