Posts tagged “França

do São João

Dentre as minhas mais vivas memórias do São João o futebol ocupa um lugar incontornável. O golo de Poborsky que nos fez cair em 96 surgiu quando as sardinhas estavam já no fogareiro, quando os balões esperavam o ar quente que os faria subir aos céus húmidos da noite Portuense. 12 anos antes, todo o Caramulo se preparava para a festa daquele que, não sendo o seu padroeiro, é motivo bastante para comer umas boas sardinhas assadas, acompanhadas de broa e caldo verde. Desta feita éramos nós o underdog frente à poderosa França de Platini. Seria este, aliás, o carrasco que nos impediria de chegar pela primeira vez a uma final europeia. Não jogamos, desta vez, na véspera de São João. Mas é do jogo de hoje que sairá o nosso adversário da próxima quarta-feira.  Ironicamente será a França a cair hoje, caso a vontade de Platini se cumpra. Pouco me importa,  há contas contas para ajustar em qualquer caso. Venham pois as sardinhas, venha o verde-tinto. Depois da bola virão os balões, esses que são a minha mais antiga recordação de São João, quando, pela primeira vez os vi subirem aos céus de Junho em Pereiró, lançados do telhado da garagem do Sr. Almeida, para gáudio dos presentes. Assim seja hoje. E quem ganhar cairá aos pés de Portugal.

Anúncios

intervenção divina

Só uma intervenção divina pode salvar a França.
Disse-o Domenech. E disse-o com razão.
A França entra para o último jogo obrigada a ganhar aos anfitriões.
México e Uruguai classificam-se com um conveniente empate.
Bem pode pois o seleccionador Francês evocar protecção divina.
Mas contra Unkulunkulu, só uma divindade do futebol pode servir-lhe.
E dessas é Maradona a que está mais à mão.
E quem sabe se não será Diego Armando a última esperaça dos “bleus”.
Porque é verdade que um empate serve a Mexicanos e Urugaios.
Mas não de forma igual.
A um deles espera-o a temível Argentina.
E pode ser esse factor que impeça o pacto. A acomodação.
Que leve o México a arriscar, para evitar Messi.
Que parta o jogo. Que impeça a modorra previsível.
E que desfaça o empate.
Que ajude Domenech.
E confirme Maradona como Deus Maior…