à distância de uma palavra

Há palavras que encurtam distâncias, que trazem conforto, que levam carinho, fazendo-o com a rapidez de um byte ou com o charme de um selo, batidas num teclado, escritas a tinta ou carvão, que transportam verdade como carregam fantasia, sílabas em que somos nós mesmos, rimas que nos servem de máscara, palavras com todas as letras, meias-palavras enfim. Palavras que, encurtando a distância, tornam suportável a ausência. Que não faltem, essas…

Advertisements

4 responses

  1. nós que amamos as palavras…

    Fevereiro 20, 2011 às 9:47 pm

  2. Ana

    As palavras e a memória – que nunca nos faltem…

    Grande Abraço

    Ana

    Fevereiro 20, 2011 às 10:06 pm

  3. dufas

    Jamais. Que não nos faltem jamais.
    beijo,
    Helê

    Fevereiro 22, 2011 às 12:27 am

  4. Isabel

    E por mais que digam que se gastam ,não é verdade!

    Fevereiro 28, 2011 às 11:29 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s