O Mágico

 

 

O filme é simples, o argumento linear.

Mas o que surpreende, que me surpreendeu a mim,é a qualidade visual da obra.

Tudo ali parece saído do caderno de um sketcher, cada cena, de uma página perfeita, cada pormenor, do traço sábio de uma caneta. Depois a animação, suave e lenta, permitindo o deleite daqueles traços, a delícia dos detalhes, a perfeição das cores.

E as paisagens, as viagens, os comboios e os barcos. Até o velhinho Ford-T. A pequena aldeia escocesa e Edimburgh. Tudo a espicaçar o desejo de voar para a Escócia, a indicar o caminho para Edimburgh.

O resultado é uma obra-de-arte, serena e tranquila, daquelas que justificam uma sala escura num dia de sol. O resto não interessa.

Não interessa a ridícula polémica sobre a motivação do argumento de Tati. Se um reconhecimento tardio da filha “ilegítima”, Helga Marie-Jeanne Schiel, se um lamento pela pouca atenção dispensada a Sophie Tatischeff, sua filha. A quem aliás, o filme aparece dedicado por Chomet. Simplesmente não interessa, é lateral, é especulação.

Porque como remata o ilusionista Tatischeff no filme, “Magicians don’t exist”. Mas a ilusão sim…


Anúncios

9 thoughts on “O Mágico

  1. E para mim, espero que a ilusão nunca acabe! É importante na vida diária, seja no trabalho, na vida pessoal!
    Gostei do sketch!
    Beijos Bela!

  2. Estou super curiosa para ver a animação desde que vi o trailer há alguns meses (mas ainda não estreou por estas bandas). Eu já tinha amado As Bicicletas de Belleville, com certeza vou adora este também…
    bjk

    1. Mônica,
      O filme é magnífico, e perdura até hoje na minha cabeça.
      Imperdível, sobretudo se gostar da estética característica dos sketchs urbanos.
      E o curioso é que não tinha visto trailer, não tinha lido ou ouvido nada sobre o filme, e se não fosse a insistência de uma velha amiga que mora em Edimburgh, nunca teria ido vê-lo ao cinema…
      Bjs
      Pedro

  3. Oi, Pedro, olha eu aqui!

    Vou procurar notícias desse filme aqui, não ouvi nada sobre e fiquei muito curiosa. Achei o traço lindo, leve, gostei da música, nossa, vou procurar mesmo, parece uma excelente dica.

    Aquele Abraço,

    Helê

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s