(sobre)exposição

sobreexposição:
1. exposição excessiva
2. FOTOGRAFIA acção de expor uma emulsão fotográfica à luz por um tempo maior que o indicado ou considerado normal

É considerada um erro, geralmente.
Pelos adeptos do “by-the-book”, radicais da luz ideal. Do politicamente correcto.
Ou pelos novos-digitais, fundamentalistas do HDR. Que distorcem toda uma cena, em busca da luz perfeita. Quando ela não existe.
Mas o certo é que, por vezes, só a sobreexposição nos permite ver para além do óbvio.
Não fora ela, e veríamos apenas o que a luz nos permite.
O que a nossa limitada visão deixa.
Por mim, sempre que me apeteça, continuarei a abrir o diafragma mais do que o fotómetro indica.
Ou a manter o obturador aberto para além do aconselhável.
Continuarei a sobre-expor.
Como continuarei a expor-me.

Anúncios

11 responses

  1. JRoldao

    Muito bom

    Setembro 12, 2010 às 7:51 pm

  2. Sérgio

    No meu entender caro amigo, e claro que a minha opinião nada tem de académico, desde que gostemos do resultado final das nossas fotos é suficiente para nos sentirmos realizados, pessoalmente tb gosto de experimentar e fugir aos parametros que a maquina indica.
    Grande abraço
    Sérgio

    Setembro 13, 2010 às 7:43 am

    • bem verdade, Sérgio…

      Setembro 13, 2010 às 9:17 pm

  3. Francisco Oliveira

    Por acaso, por regra, gosto mais do contrário; iso é, da sub. Mas, se as opções fossem unas, o mundo ainda era uma chatice maior, não é Pedro!? rsrs

    Setembro 14, 2010 às 8:08 am

    • Seria um aborrecimento só…
      Felizmente somos bem diferentes. Uns dos outros e mesmo ao longo da vida.
      Obrigado pela visita e pelo comentário.

      Setembro 15, 2010 às 3:04 pm

  4. MercedezBenzz

    Na verdade é que esta sobre exposição permitiu-nos aceder ao que a nossa limitada visão (como tão bem descreveste) nunca nos permitiria.

    E que foto esta… estonteante! Eu compro!!! a prestações, se me deixares… Adoro mesmo!

    Escadaria para o ceu, numa forma sublime de espiral ascendente! Acordaria com ela todas as manhãs para me lembrar de onde venho e para onde vou!!

    LInda mesmo!

    Setembro 14, 2010 às 9:00 am

    • Está prometida, Mercês…
      É só teres um bocadinho de paciência, e algum dia a foto te chegará às mãos…

      Setembro 15, 2010 às 3:05 pm

  5. aaaah, a turminha do ‘by-the-book’…
    A foto ficou linda!
    Eu acho que a gente deve fazer aquilo que nos der na telha, ora essa, e se o resultado ficar bacana, então é ele que tá valendo. Fórmulas e manuais são úteis, mas ‘can do so much’ por nós. Uma hora a gente tem que tirar a rodinha da bicicleta e se arriscar, nem que pra isso tenhamos que nos estabacar no chão algumas vezes. O prazer de ‘transgredir’ o que está certinho demais, para expandir os limites, compensa no final! 🙂
    bjk

    Setembro 14, 2010 às 5:06 pm

    • Mônica,
      Escolhi essa foto porque, quando a postei num site de fotografia, foi alvo de críticas acesas, devido à sua sobreexposição.
      Ainda que não seja particularmente sensível a esse tipo de críticas, acabei por por em causa o valor da fotografia, remetendo-a para o “baú”…
      Até há alguns dias atrás, quando resolvi fazer um post acerca da (sobre?) exposição de alguns de nós , na internet, no facebook, por exemplo. Por mim, os resultados dessa exposição foram francamente positivos. Surpreendentes, até. COntinuarei, por isso…

      Bj

      Setembro 16, 2010 às 10:48 am

      • Pedro,
        preocupa não. Às vezes esses fotógrafos não entendem nada de fotografia… 😉
        bjk

        Setembro 17, 2010 às 4:04 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s