expectativa…

1.
Em alta.
Com Mourinho é sempre assim.
Não falta confiança. E isso é meio-caminho andado para a vitória.
Em Madrid.
Que, espero, tenha um significado premonitório.
Ver o Special One no Bernabeu é um sonho de qualquer Merengue.
Como eu.
E é uma inconfessada fonte de orgulho para os Portugueses.
Longe vai o tempo em que Mourinho dividia este jardim-à-beira-mar-plantado.
Hoje, o que se vê, é uma quase unanimidade.
É arrogante, sim. Mas é bom. É o melhor.
Cultiva o confronto. Mas ganha sempre. Ou quase.
Propõem-se objectivos loucos. Mas cumpre-os.
Hoje, adivinho, quase todos torcerão por uma vitória sobre o Bayern de Van Gaal.
Que se cumpra o desejo.
Que vença esta Champions.
A próxima é para Jesus…

2.
Em baixa.
Outro Português que vai conseguindo espalhar uma quase unanimidade é Queirós.
Infelizmente.
Nunca as expectativas para um mundial foram tão baixas…
E Queirós alinha no jogo.
Foi com estupefacção que ouvi o Seleccionador explicar que a escolha de 3 selecções africanas para os 3 jogos de preparação tem como objectivo preparar o jogo com os Marfinenses.
Já o sabe: É esse o jogo que importa.
Há grandes probabilidades de que o nosso Mundial se resuma a esse primeiro jogo, a uma derrota com o Brasil e uma vitória contra a Coreia-do-Norte.
Daí a importância que Queirós lhe dá.
É pouco.
E revela uma tremenda falta de ambição.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s