a primavera

Dele ouvi um amigo, um grande escritor de crónicas dizer que “andamos todos a tentar escrever como ele”.

Por ele abro todos os dias O Público em busca da sua crónica.

Há-as sensíveis, ternurentas, assim-assim e comoventes. E há as poéticas.

Como a de ontem. Como a Primavera em si.

Deixo-a em seguida. Deleitem-se com ela.

A Primavera

«Voltou a chuva: a chuva que sempre esteve cá; que nunca se foi embora; que compareceu conforme estava combinado desde o início dos tempos. Em Abril, águas mil – duh. Mesmo assim, sentimo-nos enganados depois de um fim-de-semana de Verão; deprimiu-nos.

Ainda não aprendemos como a Primavera funciona – isto num país com a Primavera mais perfeita de todas. Continuamos a pensar na Primavera como um pré-Verão ou um Verão light. Somos tão intencionalmente estúpidos!

Em Portugal, a Primavera é uma estação verdadeira, em que a perfeição é sincera: temperaturas exactamente confortáveis; muita chuva; muito sol; muitos insectos recém-nascidos em busca de amor. O Verão e o Inverno são psicoses. O Outono é uma neurose. Mas a Primavera – seja nos dias de praia do fim-de-semana passado, seja nos dias molhados dos dias de semana que passamos – é o equilíbrio saudável (triste mas realista) de Freud.

Os portugueses, alterando as palavras de Jack Nicholson no filme A Few Good Men, can”t handle the Spring. A Primavera é a violência do sexo e do pólen; da água e do sol: uma coisa bruta, mal explicada, que deslumbra.

O atrevimento dos melros e a obsessão das moscas novinhas; as chuvadas que matam a sede das plantas incompletas e as esperanças dos veraneantes prematuros. O cheiro e a visão de surpresa, de ilusão e desilusão, constituem a verdade do ano.

Não é por parecer poesia que deixa de ser verdade. A chuva é uma prova; é uma contrapartida.»

Miguel Esteves Cardoso

Anúncios

One response

  1. sininho

    Grande MEC!!!
    ‘A Primavera é a violência do sexo e do pólen; da água e do sol: uma coisa bruta, mal explicada, que deslumbra’.
    Gostei e registei!
    Bj

    Abril 17, 2010 às 2:21 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s